Geleia, compota ou chutney – Qual a diferença?

Você sabe a diferença entre geleia, compota e chutney? Vamos começar dizendo o que ele têm em comum? No geral, todos se tratam de conservas, que significa que o alimento é preparado com agentes que aumentam sua durabilidade.


As conservas, em geral, têm como base frutas e leguminosas, que podem estar em forma de purê ou em pedaços, resultando num preparo mais rústico. Os elementos que atuam auxiliando na conservação da sua receita por mais tempo podem ser bebidas alcoólicas, açúcar e os líquidos ácidos, como suco de limão e vinagre.


Geleia:
Para esse preparo, precisamos gelatinizar a mistura de frutas e especiarias. É esse o segredo que daquela consistência característica das geleias A substância que ajuda nesse processo é a pectina, que está presente em algumas frutas, mas também pode ser adicionada separadamente à receita.


Compota:
O grande diferencial da compota é que a base é formada por pedaços grandes de frutas ou legumes cozidos com especiarias e armazenados com açúcar. Diferente da geleia, onde as frutas se desmancham formando uma pasta gelatinosa, na compota as frutas ou legumes continuam inteiros e bem macios. Confira receita de compota de morango com laranja. 

Chutney:
De origem indiana, seu diferencial é o uso de condimentos picantes e marcantes no paladar. No preparo de chutney, os agentes conservantes são o acúcar e também os líquidos ácidos. A mistura agridoce é bastante utilizada para acompanhar carnes assadas e embutidos pelo contrate de sabores.